quarta-feira, 9 de maio de 2018

Uma receita reconfortante: feijoada vegetariana

Esta receita é super-reconfortante. Para aqueles dias mais frios... ou não.

Habitualmente prefiro as receitas originais ao invés da sua versão vegetariana. Mas neste caso, é ao contrário. Apaixonei-me completamente por este prato.

Não costumo partilhar tantas receitas quanto gostaria, para respeitar os direitos de autor. Esta, particularmente, foi baseada na receita que encontrei aqui. Mas como faço a minha própria versão, decidi partilhá-la. 

Espero que aprecies tanto quanto eu.

Ingredientes:
✓400 g de feijão encarnado
✓ 1 cebola grande
✓ 2 alhos
✓ 1 tomate médio maduro
✓ 2 colheres de sopa de polpa de tomate (costumo usar biológico)
✓ 2 cenouras
✓ 1 talo de aipo
✓ 1 fatia de abóbora
✓ 1 couve lombarda pequena 
✓ 1 piri-piri (nota: como tenho crianças, tenho optado por não colocar o picante na hora da confecção. Eu e o meu marido costumamos adicionar molho picante depois, já no prato)
✓ 1 cálice de vinho branco
✓ Azeite q.b.
✓ Sal q.b.
✓ Pimenta preta q.b
✓ Opcional: salsa (para decorar na altura de servir)
✓ Arroz basmati cozido

Modo de preparação:
Demolha o feijão encarnado de véspera (necessita de 6 a 8 horas para demolhar). Depois disto retira a água da demolha (esta água fica cheia de antinutrientes e não deve de ser aproveitada). Passa o feijão por água limpa e depois coloca-os a cozer. Se cozeres numa panela tradicional demora entre 45 a 50 minutos. Eu costumo optar pela panela de pressão e aí a cozedura leva entre 20 a 25 minutos. Depois de cozidos retira os feijões, mas reserva a água da cozedura.

Entretanto prepara os outros ingredientes. Pica a cebola, os alhos e a salsa. Corta em cubinhos o tomate (limpa também de sementes) e a abóbora. Corta em rodelas o aipo e as cenouras. Ripa a couve.

Faz um refogado com o azeite e a cebola. Adiciona os alhos. Quando a cebola estiver translúcida junta os tomates. Pouco depois, as duas colheres de polpa de tomate e a abóbora até esta amolecer. Nessa altura, adiciona o vinho branco.

Junta entretanto as cenouras e o aipo. Refoga mais um pouco, até que todos os legumes estejam amolecidos. 

Adiciona entretanto a água onde cozeste o feijão. Logo que ferva adiciona o feijão e a couve. Adiciona o piri-piri, o sal e a pimenta. 

Deixa cozinhar até que todos os legumes estejam bem cozidos e o molho apurado.

No fim, polvilha com um pouco de salsa e acompanha com o arroz basmati cozido.

Nota adicional: Se aí em casa alguém for resistente à versão vegetariana, podes transformá-la em feijoada de legumes. Adiciona na fase do refogado um chouriço (ou só metade), às rodelas. Sempre implica menos carne e bem mais legumes. No meu caso, opto mesmo pela versão vegetariana.

Bom apetite!
.............................................................
"A Felicidade é o Caminho" também está aqui:

6 comentários:

  1. Olá, uma vez que é uma estudiosa sobre a afelicidade, envio-lhe um link interessante
    de uma entrevista com Mo Gawdat, ex-executivo da Google X e autor do livro “Equação da Felicidade”. http://linktoleaders.com/das-grandes-mentiras-do-mundo-moderno-dizerem-nos-ha-trabalho-vida. Obrigada por tudo que compartilha. Adoro ler os seus artigos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lu, um super-obrigada pela dica! És a terceira pessoa que me fala neste senhor. Confesso que ainda não li os links que me enviaram, mas vou fazê-lo no fim-de-semana. Estou curiosa, pelos artigos e também pelo livro - que sei que publicou recentemente.
      Beijinho!

      Eliminar
  2. Vou sem dúvida testar a receita, tem um aspeto delicioso!
    Obrigada pela partilha!
    Beijinho
    Cris

    www.lima-limao.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu adoro! Espero que também aprecies. ;)
      Beijinhos

      Eliminar
  3. Muito interessante. Estou conhecendo um cara vegetariano, vou preparar para incluir ao pacote da conquista! Hahahahahahahaha...

    ResponderEliminar

Related Posts with Thumbnails