quarta-feira, 4 de março de 2015

Nasceu o meu príncipe pequenino!... há quase 2 meses

No passado dia 11 de Janeiro conheci o meu príncipe pequenino. O meu Luquinhas nasceu. É o bebé mais doce do mundo, cheio de sorrisos, muito bem disposto. Sinto que a nossa família ficou realmente completa depois do seu nascimento.

A Letícia tem sido uma mana fantástica. Quer ajudar a cuidar do mano e a dar-lhe muitos miminhos. Receava que surgissem alguns ciúmes, mas até ver a minha princesinha está a surpreender-me pela positiva. A verdade é que realmente tenho muito menos tempo para ela, mas tento compensá-la sempre que posso, sobretudo com muito mimo de mãe.

Mas não vou mentir, tenho muito menos disponibilidade do que alguma vez imaginei. Nunca mais consegui vir aqui (daí o atraso em publicar este post). O bebé dorme bastante bem à noite (completamente diferente da Letícia em bebé), mas de dia... todo o tempo é praticamente dedicado só a ele. Entre amamentação, mudar fraldinhas, brincadeiras e tratar da imensa roupa (ele bolsa tanto, que tenho um máquina de roupa só dele, dia sim, dia não), o tempo que sobra é para a família.

Todavia, sinto-me diferente. Sinto-me mais serena do que da primeira vez em que fui mãe (onde tudo era novo e à mínima coisa ficava em stress). Agora enfrento as dificuldades com um sorriso nos lábios. Para além disso, tento apreciar cada minutinho com o bebé, pois passa tudo tão rápido... Neste momento sinto-me nas nuvens, e com a consciência de que realmente adoro ser mãe! É um amor inexplicável o que sinto pelos meus dois filhotes.

Quando tiver mais tempo, virei cá mais vezes. Agora a prioridade é realmente a minha família. Cada coisa a seu tempo, mas voltarei. E sim, estou tão feliz neste momento!

Foto: Mafalda S.

segunda-feira, 2 de março de 2015

Pensamento/Lema da semana #230


"O bom humor espalha mais felicidade que todas as riquezas do mundo. 
Vem do hábito de olhar para as coisas com esperança e de esperar o melhor e não o pior." 
Alfred Montapert

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Pensamento/Lema da semana #227


"Tralha não é apenas as coisas no teu armário, 
é algo que se mete entre ti a vida que gostarias de viver." 
Peter Walsh

Foto: Apionid

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Pensamento/Lema da semana #226


"(…) passamos cento e setenta e quatro minutos a assistir a ocorrências inúteis. 
Imagine o que conseguiria concretizar se abdicasse de ver esses jogos. Ou do tempo a ler o que as ex-namoradas escreveram no Facebook. Ou a ver fotografias do banho do bebé da irmã da sua ex-cunhada. Ou a dormir porque ficou a ver televisão até tarde". 
Ben Arment

Foto: slack12

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Pensamento/Lema da semana #224


"(…) a felicidade não aparece só porque se eliminam todas as fontes de sofrimento; 
tem de ser directamente estimulada." 
Américo Baptista

Foto: stokes rx

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Pensamento/Lema da semana #223


"Nunca permita que as improbabilidades o impeçam de perseguir 
o que, no fundo, sabe que nasceu para fazer." 
Satchel Paige

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Este é o espírito para 2015!

Desejo-te um excelente Ano Novo!
Sobretudo, que tenhas motivação e energia positiva, para lutares por uma vida mais feliz!
Aqui estão umas boas resoluções para levar adiante, no ano que vem...


segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Pensamento/Lema da semana #220


"Oxalá pudéssemos meter o espírito de natal em jarros 
e abrir um jarro em cada mês do ano." 
Harlan Miller

Foto: Kiuko

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Pensamento/Lema da semana #219


"Há pessoas tão alegres, tão meigas, tão felizes 
que ao entrar numa habitação parece que lhe dão luz." 
Worl Beecher

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Porque escrevo menos...


Continuo a adorar a escrita, a pesquisa sobre a temática da "felicidade" continua a apaixonar-me e este blogue continua a fazer-me bem. Contudo, cada vez escrevo menos.

A verdade é que sinto um cansaço avassalador, bem mais intenso do que na primeira gravidez. Para escrever quase que tenho de o fazer deitada. É pena, porque a escrita faz-me tão bem. Mas é por uma causa maior, pelo meu amor pequenino, o meu príncipe que (se não se antecipar) nasce em Janeiro.

Por outro lado a Letícia tem andado doentita (maldita bronquite) e precisa do carinho e cuidados da mamã.

Um dia regressarei em força, tenho a certeza. Mas nos próximos tempos, apesar de ir dando notícias, vou afastar-me um pouco.

E só de escrever isto, já estou cheia de dores nas costas. Pena, porque faz-me tão bem escrever...

Foto: Lucas

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Related Posts with Thumbnails