quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

40 formas de demonstrar o seu amor

Por vezes tomamos o(a) nosso(a) parceiro(a) como certo(a). Pensamos que ele(a) já sabe que o amamos, e esquecemo-nos de o dizer e de o demonstrar. Mas o amor, como tantas outras coisas, é como uma plantinha: necessita de ser bem cuidada para florescer. Caso contrário, pode morrer, sem que nos apercebamos.
 
Aproveitando que hoje é o dia de celebrar o amor, deixo aqui 40 maneiras de o demonstrar. Torne estes gestos em rotinas da vida a dois:
 
1) Diga “eu amo-te” mais vezes;
 
2) Lembre a essa pessoa o quão importante ela é para si e o quanto se importa com ela;
 
3) Diga obrigado e refira o quanto aprecia alguns gestos que o(a) seu(sua) companheiro(a) faz por si;
 
4) Elogie as suas qualidades com frequência (em termos de comportamento, e de beleza física). Procure sempre o que ele(a) tem de melhor;
 
5) Incentive-o(a) naquilo que ele(a) tem mais potencial. Ajude-o(a) a concretizar o seu propósito de vida;
 
6) Ouça o(a) seu(sua) companheiro(a), conheça as suas necessidades;
 
7) Interesse-se pela vida dele(a): pergunte-lhe o que irá fazer durante o dia, como correu o dia, quais os seus planos de vida, etc.;
 
8) Conheça as suas preferências (cor favorita, comida, canção, tipo de livros, hobbie, etc.). Surpreenda-o(a) com algo relacionado com as suas coisas favoritas;
 
9) Dê-lhe uns miminhos antes de sair de casa e um beijinho de despedida. Do mesmo modo, receba-o(a) calorosamente quando chega;
 
10) Sorria com mais frequência para o seu amor;
 
11) Coloque-se bonito(a) para ele(a) [e para si mesmo(a), verdade seja dita], tenha sempre uma aparência cuidada;
 
12) Surpeenda-o(a) enviando-lhe um sms carinhoso durante o dia;
 
13) Deixe um bilhete de amor num sítio em que não está à espera (por exemplo na lancheira do trabalho, no livro que anda a ler, na sua secretária, etc.);
 
14) Apoie o(a) seu(sua) companheiro(a), quando este(a) está em baixo;
 
15) Quando se sente criticado, tenha atenção ao modo como responde. Diga como se sente, e como gostaria que o(a) seu(sua) companheiro(a) agisse consigo, mas sem nunca ofender o outro lado;
 
16) Perdoe, siga em frente. E numa discussão, nada de repetir “Pois, lembraste de quando me fizeste-me aquilo…”;
 
17) Quando sentir que algo está errado, critique o comportamento, não a pessoa;
 
18) Reconheça quando está errado(a) e peça desculpa;
 
19) Numa discussão, procurem formas de ambos ganharem em alguma área. Tenha consciência que há assuntos em que poderão nunca concordar um com o outro, mas isso não significa que não poderão fazer umas tréguas. Apesar de discordar, respeite a opinião do outro;
 
20) Evite a todo custo, os pequenos gestos que o(a) irritam (ex.: deixar roupa espalhada pela casa, interrompê-lo na melhor parte do jogo de futebol, etc.) e peça para que o(a) seu(sua) companheiro(a) faça o mesmo;
 
21) Demonstre o seu afecto fisicamente: beije, acaricie, ande de mãos dadas, abrace… e a intimidade sexual entre ambos é muito importante (sim, apesar do cansaço do dia-a-dia);
 
22) Demonstre o seu afecto falando carinhosamente, de forma calma e meiga;
 
23) Descontraiam juntos, durante o serão;
 
24) Riam juntos (vendo um filme, conversando, vendo piadas no youtube, recordando episódios engraçados… );
 
25) Procure ter conversas agradáveis, positivas e cativantes;
 
26) Faça-lhe uma massagem;
 
27) Prepare-lhe um jantar romântico com a sua comida favorita;
 
28) Ofereça-lhe um presente;
 
29) Quando for às compras sozinho(a), lembre-se de lhe trazer um miminho;
 
30) Surpreenda-o(a), trazendo-lhe o pequeno-almoço na cama;
 
31) Planeiem uma saída, passeiem juntos (pode ser um passeio pela sua cidade, uma ida à praia, uma visita ao vosso restaurante favorito, uma escapadinha de fim-de-semana, etc.);
 
32) Comemorem as datas especiais (o dia em que começaram a namorar, a data de casamento, os vossos aniversários, etc.);
 
33) Encontrem um hobbie ou um projecto conjunto (praticar exercício físico, coleccionar alguma coisa, tirar fotografias, fazer caminhadas na Natureza, pintar, decorar a vossa casa, etc.). O importante é estarem unidos, numa actividade agradável;
 
34) Tirem fotos, façam filmes, guardem recordações dos vossos bons momentos. O objectivo é criarem um reportório de memórias felizes e revisitarem-no sempre que quiserem;
 
35) Ocupe-se das crianças, para o(a) seu(sua) companheiro(a) poder ter 30 min de descanso ou para fazer algo que goste;
 
36) Partilhe as tarefas lá em casa, mesmo as que lhe pareçam muito chatas (se ambos despacharem tudo mais rápido, sobra mais tempo para namorarem);
 
37) Arranjem tempo um para o outro e controlem o cansaço, simplificando as vossas vidas (perdendo menos tempo em arrumações, com as novas tecnologias, em recorrentes horas extras no trabalho, em encontros sociais que não interessam, etc.);
 
38) A sua família principal agora é ele(a). Não deixe que outras pessoas (familiares, por exemplo), estejam constantemente a interferir na vossa relação. E, se necessário, defenda-o(a) de críticas injustas;
 
39) Quebre a rotina, partilhe novas experiências com o(a) seu(sua) parceiro(a), use a sua imaginação;
 
40) Sonhem juntos, façam planos para o melhor futuro possível. Sejam felizes!
 
Foto: Auro

12 comentários:

  1. Olá Mafalda!

    Bom...é impossível manter um casamento sem estes 40 gestos, não diria com tanto tato, por que afinal somos seres imperfeitos e por vezes nos deixamos levar pela ira num determinado momento.
    Algumas coisas já não podem ser bem assim, depois dos filhos, mas são perfeitamente adaptáveis e igualmente agradáveis ao casal.

    Beijinhos e boa quinta!
    Patricia.

    ResponderEliminar
  2. bem eu em relação a este tema faço aquilo que me compete, dou muito miminho ao meu mais que tudo e fazemos algo que eu adoro e nao troco por nada, deitamonos sempre uns 20 minutos mais cedo para tarmos aquele tempinho a conversar e a dizer coisinhas boas um ao outro..acho isso fundamental e sabe tao bem...

    ResponderEliminar
  3. Dicas valiosas, que nem sempre cumprimos devido ao corre corre do dia à dia.

    Bjs

    ResponderEliminar
  4. Amei o teu post :) Pois é falta fazer tanto todos os dias...
    Ou é por causa disto ou daquilo e deixa-se passar...
    beijinhos com carinho meus e da L.

    ResponderEliminar
  5. Oi Mafalda, estou conhecendo seu cantinho hoje, e já adorei as dicas, confesso que tem algumas que preciso colocar em prática, mas sei que vou conseguir, acho que o amor vence todas as barreiras.
    Tenha um ótimo dia.
    Beijos
    Jack
    www.meucantinhos.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  6. Passando para dizer "Oi!"...
    http://mulheresprendadasxmulheresmodernas.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  7. Minha querida
    Muitas vezes passamos a vida inteira a fazer isso, sem receber o mesmo em troca e chega uma altura que dizemos chega e vamos deixando de fazer um ou outro gesto, até que acabamos por esquecer como se faz.
    Desculpa a amargura, mas aconteceu comigo.
    Esses gesto são preciosos mas devem ser dados de parte a parte.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Haaa eu adorei, a minha vida com meu marido é baseado nisso, nos amamos demais <3

    ResponderEliminar
  9. Queria viver um amor assim, cheio de ternura e com uma eterna mão dupla com trocas amorasas, carinhosamente sempre.
    Lindo de mais.

    ResponderEliminar

Related Posts with Thumbnails