quarta-feira, 21 de maio de 2014

Programas de entretenimento: os bons e os péssimos (artigo de opinião)

Quando cozinho, por vezes assisto a algum programa de TV. Normalmente vejo alguma série, um programa de viagens ou de culinária. Mas ultimamente, tenho assistido a programas de entretenimento. E constato, que mesmo que inconscientemente, há programas que nos inspiram com ideias, há outros que nos relaxam  e há aqueles que... bem, não acrescentam nada. 

Um programa mesmo parvo, e que só vi uma vez foi o "Toddlers and Tiaras", em que crianças pequenas competem entre si para se decidir quem é mais bonito e engraçado. Se isto fosse divertido para a criança (os pais insistem que é), ainda vai que não vai, se fosse educativo... mas assim?

O que vi foi pais a treinarem intensamente crianças pequenas (o que incluía bebés), a maquilharem e pentearem os miúdos como gente adulta (alguns até se divertiam, mas outros choravam) e no fim, a guerrearem uns com os outros (normalmente a criticar os filhos dos outros). Claro que a criança que ganha fica muito contente, mas as outras ficam muito desiludidas e com a auto-estima lá em baixo. E repetiam a desilusão, pois andavam de concurso em concurso.

Sinceramente, este programa não ensina minimamente um pai a ser bom pai, e muito menos a fazer a criança feliz. Nada educativo, a meu ver.

Outro programa absolutamente parvo, e que espero não voltar a ver é o "Here comes Honey Boo Boo". Trata-se de um reality show sobre a família de uma miúda que também participa em concursos de beleza infantis (ao estilo "Toddlers and Tiaras"). 

E porque é que isto não é inspirador? Porque mostram uma família que come sempre de forma pouco saudável, fartam-se de dizer palavrões, a interacção de uns com os outros é normalmente a fazer brincadeiras parvas... 

Claro que há pessoas que gostam deste tipo de programas, em que observam a vida dos outros. Mas ao menos se fosse uma família educativa... Sinceramente, para mim ver este programa, é uma perda de tempo.

Agora vamos aos programas de entretenimento inspiradores.
Gosto do "What not to wear". Neste programa, pegam numa pessoa com baixa auto-estima, que normalmente não se cuida e fazem uma transformação. Dão sugestões de roupa que favorecerá o corpo da pessoa. Mudam também para um penteado de fácil manutenção e dão sugestões de maquilhagem, que fazem toda a diferença. É incrível como as pessoas se sentem mais auto-confiantes no final do programa.

Acho este tipo de programa de entretenimento mais positivo, pois dá esperança às pessoas que não se sentem bem na sua pele, de que podem melhorar. E por vezes, pequenas mudanças no aspecto físico, podem fazer a diferença na auto-estima da pessoa. Não é tanto o ser-se bonito, mas o facto da pessoa passar a sentir-se bonita.

Gosto particularmente do programa do Dr. Phil. 

Nele são mostrados problemas dos participantes (normalmente tem muito que ver com relações - entre pais e filhos, famílias, casais, etc.) e são dadas sugestões para os resolver. São dadas bastante dicas de educação, sobre relacionamentos entre casais e famílias, sobre prevenção ou superação de comportamentos mais negativos, etc.

Uma ou outra vez não concordo com alguma coisa, mas no geral, acho as sugestões muito inspiradoras. Reconheço que muito do que ali se diz, é baseado em estudos científicos, portanto faz sentido. Um programa onde se pode aprender alguma coisa.

Em tempos vi também um programa (talvez no biography channel, ou no TLC, não me lembro), que também era interessante. Nem sequer me recordo do nome do programa, mas gostei bastante da intenção em si.

Era sobre acumuladores e viciados em organização. O viciado em organização ia à casa do acumulador e ajudava-o a limpar, a desfazer-se da tralha e a transformar a casa num lugar lindíssimo.

Ao contrário de alguns programas sobre o assunto, em que só se fala do problema da tralha, acho este mais positivo. A verdade é que abordava o problema, mas também mostrava as soluções (incluindo uma série de sugestões para manter a tralha longe de casa). E o resultado final era sempre fantástico.

Este tipo de programa dá esperança às pessoas que por algum motivo se acomodaram (e não estou a falar de casos patológicos) e que deixaram de controlar a tralha, a acreditar que podem melhorar. Acho francamente motivador, pois ficamos com vontade de organizar a nossa própria casa.

Se ao menos soubesse o nome do programa...

Mas o que importa aqui, é que mesmo em programas de entretenimento podemos escolher o que influenciará positivamente as nossas vidas, o que nos trará boas ideias, o que nos relaxa - em detrimento do que só nos faz perder tempo. 

Fotos: 1.ª, 2.ª e 3.ª - TLC; 4.ª - Dr. Phil Show.

7 comentários:

  1. Olá Mafalda
    O programa chamava-se extreme accumulators e dava no TLC. Acho que neste momento não está a passar.
    Aproveito para agradecer toda a inspiração que me tem dado ao longo dos últimos anos... já acompanho à tanto tempo este blog que nem me lembro mais quando comecei.
    Abraço e contiuação de deste excelente trabalho de pesquisa

    ResponderEliminar
  2. Eu vi os dois primeiros e se no Todlers e Tiaras me assustei com a caracterização das miudas no segundo achei que pelo menos podiam educar as pessoas, é que a falta de educação na família era notória.
    O dos acumuladores é no TLC, pelo menos era porque só o consegui ver em casa da minha mãe, não tenho TLC.
    O Dr Phil gosto de ver, tal como o Dr OZ. lembro-me de ver no Dr Phil uma questão entre duas mães cujas filhas participam nesses concursos sobre a roupa de uma e os comentários da outra. É que não é só no programa e nos desfiles que elas se vestem dessa maneira, tudo o que vem agregado é bem pior, como participação em festas de inauguração que começam tarde e acabam de madrugada. Não sou purista mas considero que as crianças necessitam de umas boas horinhas de sono repousante e não de festas de inauguração noite sim, noite não.
    Bjs

    ResponderEliminar
  3. Bom dia. Acho que o nome é Obssessive cleaners e passa no TLC. Eu já vi e adorei mas não sei quando é pois vi "sem querer"... Espero ter ajudado ;)
    Bjinhos
    Teresa

    ResponderEliminar
  4. Olá!
    Acho que o programa a que te referes é o Hoarders (Acumuladores):
    http://en.wikipedia.org/wiki/Hoarders

    Nunca vi o programa e não sei bem em que canal passa cá, mas segundo esta informação, passa (ou passou) no BIO:

    http://tv.sapo.pt/noticias/casas-viradas-do-avesso-em-acumuladores

    beijinhos :)

    ResponderEliminar
  5. Eu tenho algumas séries favoritas que não perco (Hannibal, por exemplo), mas depois há uma ou outra completamente fora do contexto a que eu chamo "cheesy series" porque são mesmo más mas gosto de ver porque-me-fazem-rir! Uma delas é mesmo a Honey Boo Boo, uma família tão disfuncional, badalhoca e non-sense cujas tiradas me fazem soltar uma gargalhada ou repetir a cena porque não estou a acreditar no que estou a ver... Não aprendo nada nem enriqueço o intelecto, mas perdoo esta facadinha na inteligência com uma gargalhada ocasional :)

    ResponderEliminar
  6. Ao navegar pela net encontrei o seu blog, não li muito,mas gostei do que vi e li,espero voltar mais algumas vezes,deu para ver a sua dedicação e sempre aprendemos ao ler blogs como o seu.
    Se me der a honra de visitar e ler algumas coisas no Peregrino e servo ficarei radiante, e se desejar deixe um comentário.
    Abraço fraterno.António.
    http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  7. Eu so vejo tv aos fins de semana e nao é sempre, mas quando vejo gosto de ver alguns documentários da Nat Geo Wild sobre o comportamento animal e a interação com os humanos. Aprende-se imenso aobre a vida animal o que também acrescenta cultura geral. Já vi uma ou outra vez todos esses programas parvos de que falas e realmente são abomináveis. Há que fazer uma selecção do que vemos. Ver televisão não é mau, o que é mau é escolhermos ver lixo que não nos ensina nada.
    Beijinhos

    ResponderEliminar

Related Posts with Thumbnails