quinta-feira, 28 de julho de 2011

Poupar ou pedir crédito?

Recentemente recebi o reembolso de IRS. Foi uma excelente notícia, pois assim vou poder pagar o crédito automóvel. Aliás, é já amanhã que me vou ver livre dessa dívida (digo eu, que detesto dívidas).

Na verdade o recurso ao crédito deve ser muito bem ponderado, pelo que só o deve fazer nas seguintes situações:
- caso necessite de fazer um pagamento urgente e não tenha meios para o fazer (no meu caso, tivemos um acidente com o automóvel, e como não podíamos ficar sem carro, tivemos de recorrer ao crédito);
- na aquisição de casa (o recurso ao crédito é quase inevitável - pelo menos em Portugal - uma vez que a maioria das famílias dificilmente teriam meios para comprar casa de outra forma);
- na aquisição de automóvel (este é um crédito aceitável, quando a pessoa necessita urgentemente de veículo e não tem outra forma de o adquirir).

No que respeita, a outros bens, a resposta é clara: é preferível poupar! E porquê? Eis a resposta:
- Recorrendo ao crédito, acaba por adquirir o bem a um preço mais caro;
- Se surgir um imprevisto, poderá não ter forma de cumprir com os pagamentos;
- Se fizer uma poupança, para além de juntar dinheiro para o que pretende, ainda pode obter um rendimento adicional com os juros da sua aplicação.

Como refere a Associação Portuguesa para a Defesa dos Consumidores (DECO): "Em caso de dúvida, e para evitar situações de incumprimento, experimente pôr de lado, durante alguns meses, o montante que pagaria de prestação. Se nem sempre for possível fazê-lo, provavelmente também não irá conseguir pagar as prestações e o melhor é não contratar o crédito".

Quanto a mim, sabem o que vou fazer à prestação que tinha todos os meses com este crédito? Vou justamente pôr o dinheiro do lado (já o fazia todos os meses mesmo) e fazer uma poupança.

Foto: Google images - Autor não identificado.

17 comentários:

  1. É importantíssimo gerirmos as nossas despesas, não devemos exagerar nos empréstimos, muito menos acumular empréstimos. Também sou em prol da poupança! Bjs

    ResponderEliminar
  2. Olá minha querida!

    Sem dúvida, poupar é o melhor remédio!!

    Só tenho o crédito da casa e estou quase a ver-me livre desta dor de cabeça, mas a dívida é tão, mas tão pequenina, que já nem vale a pena liquidar.
    Mas cá entre nós, ainda assim, se o marido fosse de acordo, eu a liquidava já, hehehe...

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  3. Mafalda, querida
    Rapidinho te respondo: poupar!!!
    Estarei "fora do ar" até dia 1º de agosto, quando virei com novidades na coluna da direita, uma vez que é virada de mês. Me aguardem! Eventualmente, se for possível, postarei alguma texto interessante, mas as idas aos blogs de meus queridos amigos, só terei condições para fazê-las na segunda-feira. Beijos e até a volta!!!
    http://amadeirado.blogspot.com
    http://alemdasnuvens2011.blogspot.com

    ResponderEliminar
  4. Concordo, também prefiro poupar e comprar a pronto.

    ResponderEliminar
  5. Amiga - poupar, poupar , poupar!!!!
    Sou terminentemente contra dívidas....
    Não consigo dormir com elas!!!
    Venho agradecer todo o apoio que você tem dado à comemoração de 1 ano do blog! bj carinhoso
    Sandra
    http://projetandopessoas.blogspot.com//

    ResponderEliminar
  6. Eu sou de poupar. Detesto dividas. Só tenho mesmo o credito da casa porque teve que ser, mas se pudesse livrava-me dele já.

    Tirando isso compro tudo a pronto

    Bjos

    ResponderEliminar
  7. Pois é eu tb sou da mesma opinião, poupar é o meu lema, para que daí não resultem problemas chatos como todo o dia acontecem, principalmente agora em tempo de crise. Bjs

    ResponderEliminar
  8. Mafalda querida... eu não sei gerir é nada... principalmente o quesito dinheiro... vou precisar fazer um curso será??????????????

    bjs

    ResponderEliminar
  9. Cá em casa também tentamos sempre pagar as dívidas antes do tempo. Quanto menos, melhor!
    Ah e já agora, parabéns atrasados!

    ResponderEliminar
  10. Belíssima ideia.
    Bj** e bom fim-de-semana.

    ResponderEliminar
  11. Eu sou toda a favor de poupar e completamente contra créditos (trabalhei em cobranças e vi os que as pessoas passavam muitas vezes por uma escolha que não foi ponderada). Mas vou ter que fazer um crédito habitação e até tremo. Não vou descansar enquanto não o pagar na totalidade.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. O blog http://conhecerkardec.blogspot.com completa 1 ano de existência dia 30/7. Deixei para vc selinho comemorativo no blog. Faça uma visitinha. Muita paz!

    ResponderEliminar
  13. Poupar sempre que possível. O difícil é tornar possível ...

    ResponderEliminar
  14. É mesmo.
    Devemos ter o bom-senso de usar o dinheiro. Costumamos agir por impulso para nos lamentarmos depois. Como é bom a prevenção, não é mesmo?

    Mafalda, uma semana de muita alegria!
    beijo!

    ResponderEliminar
  15. É sem dúvida a melhor opção.Acho o teu blog muito educativo e espero que muitos o possam ler. Beijinhos

    ResponderEliminar
  16. sem dúvida poupar.Nós só temos o crédito da casa e se tivesse dinheiro liquidava já esta dívida.
    bjnhos

    ResponderEliminar

Related Posts with Thumbnails