terça-feira, 5 de abril de 2011

7 Dicas para uma alimentação promotora de felicidade

Não sou das pessoas que se alimentavam mais saudavelmente. Comia quase sempre um doce após a refeição, por vezes recorria a comida pré-confeccionada e quase sempre me esquecia (e ainda esqueço) de beber água. Qual não foi o meu espanto, quando descobri que a alimentação pode ter um impacto dramático e cumulativo na nossa felicidade.
Pus as mãos à obra e pesquisei sobre o assunto, pelo que aqui lhe deixo um conjunto de 7 dicas para uma alimentação promotora de felicidade:
1 – Opte por alimentos frescos e integrais – Estes fornecem ao nosso cérebro os nutrientes necessários à produção de uma série de «drogas naturais» que induzem a felicidade e reduzem o stress da vida quotidiana. - Evite assim comida pré-confeccionada, que sofre alterações ao ser processada e preservada. Prefira alimentos frescos, integrais e biológicos, como fruta e legumes frescos, peixe e carne livres de hormonas, pão integral ou de mistura, etc.

2 – Beba água –
Estar desidratado é mais comum do que se imagina e prejudica enormemente a criação de «células felizes». Para assimilarmos e absorvermos completamente os alimentos que ingerimos, necessitamos dos elementos químicos do hidrogénio e oxigénio contidos na água (H2O). É incrível que por vezes chegamos a sentir fome, quando na realidade o nosso organismo necessita de água. – Os especialistas não são unânimes quanto à quantidade a ingerir, uma vez que isso também depende da actividade que cada um tem ao longo do dia. De qualquer modo, tente beber aproximadamente 2 L (8 copos por dia).

3 – Reduza o consumo de açúcar –
Este é o item que reúne mais consenso entre os especialistas. O açúcar branco é o maior destruidor de felicidade da nossa alimentação. Afecta directamente o nosso estado de espírito, levando a uma subida brusca de açúcar no sangue, seguida por uma descida tão rápida, capaz de produzir sintomas de fraqueza, ansiedade, apatia e depressão. – Opte por consumir açúcar no seu estado natural, como por exemplo através da fruta fresca. Especialistas da Universidade de Sidney sugerem um substituto natural do açúcar branco, o néctar de agave (que ainda não encontrei no hipermercado), com a vantagem de ser 3 vezes mais doce que o açúcar e com um índice glicémico muito mais baixo.

4 – Reduza os cereais processados –
Ao consumirmos cereais processados como os contidos no pão branco, arroz branco ou nas massas, bolos feitos a partir de farinha branca, estamos igualmente a induzir a subida de açúcar no sangue, alterando a nossa disposição e energia. – Mais uma vez, opte por cereais integrais, arroz integral, aveia, centeio, etc.

5 – Elimine a cafeína –
Em poucas quantidades, levanta o nosso estado de espírito e age como estimulante físico… durante 30 a 60 minutos, porque depois a energia vem por aí abaixo. Em demasia, a cafeína (presente não só no café, mas também em chás e em refrigerantes), pode provocar palpitações e aumento da tensão arterial (especialmente se fumar), aumento do nervosismo, de insónias e de ataques de ansiedade. – Substitua por bebidas descafeinadas, água, sumos de fruta naturais… o chá verde descafeinado (que não falta cá em casa) é um excelente substituto, pois para além de proteger o sistema cardiovascular e prevenir o cancro, oferece uma protecção antioxidante para tornar as suas células felizes.

6 – Evite a ingestão de gorduras saturadas –
O corpo necessita de gorduras para o processo de crescimento e de recuperação, mas alimentos ricos em gorduras saturadas (que se encontram na gordura animal), contribuem para o aumento do nível de colesterol e de doenças cardíacas, dando-lhe uma sensação de mal-estar. – Opte pelo consumo de carnes brancas (como frango e perú), retire a gorduras visíveis dos alimentos e cozinhe-os em gorduras saudáveis (como o azeite e óleo equilibrado em ómega 3).

7 – Alimente-se com refeições reconfortantes –
Ao optar por uma alimentação caseira, que lhe evoque bons momentos (por exemplo memórias felizes de infância), o seu cérebro é estimulado a produzir «drogas naturais» que geram felicidade. – Coma a sopa caseira que a sua mãe fazia em dias frios, delicie-se com o seu prato preferido feito com nutrientes saudáveis, opte por alimentos tradicionais da época (sabem tão bem umas castanhas assadas ainda fumegantes, por altura do S. Martinho…).

Foto: Google images - Autor não identificado.

18 comentários:

  1. Optimos conselhos Mafalda e que nunca é demais relembrar. Nas nossas mãos está o caminho para uma vida mais longa e saudável, tudo só depende da nossa força de vontade...

    Beijinhos!!

    ResponderEliminar
  2. Ora faz favor de juntar aí: gelados FEAST!! Fazem-me muito feliz neste momento ;)

    eheheh

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Muito boas dicas!
    Eu na teoria sei... na prática é que é pior, ehehhe.
    E agora chega o Verão lembramo-nos todas da celulite, de beber água, de sladinhas e comeres saudáveis.
    Vou tentar colocar em prática ;p)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Mafalda, minha querida. Em primeiro lugar, adorei o seu comentário no Arca. O que conseguimos aprender em épocas de crises é algo que nos marca para a vida toda. Em segundo lugar, o seu post é maravilhoso. Precisamos cuidar da saúde, do corpo, para que tenhamos uma vida mais ajustada e equilibrada. Tudo fica melhor!!! Beijos e tenha uma semana de flores e alegrias.

    ResponderEliminar
  5. tenho uma alimentação bem saudável, mas ficar sem meu café pela manhã, eu não consigo,
    minha meta do ano passado que pulou para esse ano é cortar tudo que contém glutén,ano passado naufragou , vamos ver se ano flutua e vai.

    ResponderEliminar
  6. Oi, Mafalda
    Muito bom o texto, informativo e esclarecedor. È bom a gente sempre ter em mente que precisamos diariamente de nutrientes para termos uma melhor qualidade de vida. Uma boa alimentação pode nos deixar mais dispostos e evitar doenças que hoje são pequenas mas com o tempo podem se tornar maiores e mais difíceis de tratar. Temos sempre que nos lembrar que o que fazemos hoje terá consequências amanhã. “Você é o que você come”. Beijos, minha linda. Ótima semana pra você!!!

    ResponderEliminar
  7. Oi Mafalda,

    Adorei o seu blog! Parabéns pela abordagem leve e instrutiva! Estarei passando por aqui para aprender suas dicas.
    Bjs!
    Fatima

    ResponderEliminar
  8. Vizinha, o dia se anuncia e eu preciso te desejar um bom dia, com muito sol, alegria , paz e muito amor .Amiga,lendo suas dicas é que pude sentir que tenho feito muito por mim, pelo menos na alimentaçao.Valeu!
    Já são quase 3 da manhã porisso entrei quietinha em sua casa!
    Bj amiga e obrigada pelo carinho !
    Valéria

    ResponderEliminar
  9. Olá Mafalda!!!

    Normalmente faço uma alimentação saudável, não salto refeições e consumimos muitos legumes e frutas.
    Eu bebo muita água, mesmo de inverno, normalmente já levanto da cama com sede.

    No entanto ...
    Não abro mão do meu café pela manhã e quanto aos doces, rsrsrsrs...
    Nada é perfeito, hehehehe.

    Beijinho grande.

    ResponderEliminar
  10. Boa Mafalda Grandes dicas, temos é de lembrar todos que estas medidas para fazerem sucesso não basta fazer hoje até ao verão mas sempre. Bjos.

    ResponderEliminar
  11. Eu procuro manter uma alimentação saudável...mas sou LOUCA por chocolate (e qual mulher que não é????). Bem, também permito um pé na jaca nos finais de semana, afinal aqui não é quartel general...
    Beijos querida
    ursulaferraricoach.wordpress.com

    ResponderEliminar
  12. Eu sou completamente a favor de obter felicidade através da educação alimentar. Mas chegar a essa conclusão demora, porque atender ao que o corpo pede é uma coisa, mas saber o que realmente ele precisa, é outra história.
    Quem ama educa, e quem reaprende a se amar, se reeduca!

    ResponderEliminar
  13. Olá Mafalda
    Vim-te agradecer os parabéns no meu blog.
    Beijinho grande e uma excelente quinta feira.

    ResponderEliminar
  14. eu só tenho de eliminar a cafeina e os açucares!! o meu grande pecado!! se pudesse todos os dias bebia 2, 3 cafés e comia pastéis de nata!! ehehehe!! faz mal, mas deixam-me contentinha! eheheh! de resto acho que até tenho uma alimentação bastante saudável, equilbrada e feliz :)

    ResponderEliminar
  15. Mafalda
    vim agradecer o carinho e o cuidado.
    obrigada.
    e lá vou tomar água, esqueci, rss
    beijos.

    ResponderEliminar
  16. Já sabia, acho que devias ver o documentário "Food Matters" vais entender ainda melhor muita coisa que tem haver com a nossa alimentação.
    http://www.youtube.com/watch?v=r4DOQ6Xhqss

    ResponderEliminar

Related Posts with Thumbnails