quarta-feira, 17 de novembro de 2010

História da serpente e do pirilampo

Era uma vez uma serpente amargurada, que resolveu perseguir um pirilampo que só vivia para brilhar.

O pirilampo, tremendo de medo, tentava fugir o mais rápido que podia. Já a serpente, com sua expressão feroz, vivia somente para o perseguir e jamais pensava em desistir.

Fugiu um dia, fugiu outro e ao terceiro, já sem forças, o pirilampo finalmente parou e disse à serpente:
- Será que te posso fazer três perguntas?
- Não costumo permitir isso, mas já que te vou comer, deixo que o faças.
- Pertenço à tua cadeia alimentar?
- Não.
- Fiz-te algum mal?
- Não.
- Então porque é que me queres comer?
- PORQUE NÃO SUPORTO VER-TE BRILHAR!...

««»»

Tal como nesta história, por vezes deparamo-nos com pessoas que agem como serpentes e tentam prejudicar-nos a todo custo. Faz parte da vida e pode acontecer a qualquer um. Mas jamais permitam que uma serpente vos impeça de brilhar. Sejam antes felizes. Sendo a felicidade contagiosa, quem sabe se não conseguem transformar a serpente num radioso pirilampo.

Foto: Google images - Autor não identificado

14 comentários:

  1. Caramba, infelizmente lidamos com muitas serpentes na vida. Mas não nos podemos deixar afectar, temos de ser mais fortes que isso. Pelo que leio deste blog, tu és como o pirilampo, irradiando luz. Nunca percas isso.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  2. Sempre adorei ler e reler está fábula.
    Como ela se reflecte, tão bem, na nossa sociedade.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  3. É uma grande verdade, que a luz que certas pessoas emanam trazem muitas vezes invejas e sentimentos ruins associados...
    Mas o importante é continuar a brilhar mesmo com esses invejosos todos!
    Beijocas

    ResponderEliminar
  4. É verdade. Infelizmente muita gente se sente incomodado com o sucesso e brilho do outro. Obrigada pela visita ao Arca. Adorei o seu blog. Grande abraço.

    ResponderEliminar
  5. Que história mais interessante! Parece aquelas fábulas dos antigos, para nos darem uma lição de vida. Adorei. Infelizmente, também me tenho cruzado com algumas serpentes... irra... mas tento ser sempre um pirilampo.

    Beijinhos :-)

    ResponderEliminar
  6. Todos nós temos pelo menos uma serpente no nosso caminho, infelizmente.
    Mas um dia, havemos de brilhar tanto, que essa serpente terá medo de se aproximar :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Só nós poderemos decicir se deixamos que as serpentes nos façam deixar de brilhar.
    comigo... podem vir 100 serpentes!! Não me vão demover!
    :)

    ResponderEliminar
  8. Estou com a Garfieldzita, temos é que ser superiores a essas serpentes. De qualquer modo, tenho de dizer que achei esta história muito engraçada e ao mesmo tempo realista.
    Beijinhos
    Marina Reis

    ResponderEliminar
  9. As minhas serpentes são alguns comentários anónimos às minhas actividades de Voluntariado, mas pouco ou nada me afectam.
    Estou satisfeita porque já vi o meu trabalho reconhecido por pirilampos como a Mafalda.
    Parabéns e siga em frente, mas pondo sempre em prioridade o trabalho de amor pelos idosos e crianças.
    Beijos

    ResponderEliminar
  10. Obrigada pela visita. Seu blog é um encanto! Falar sobre a felicidade é necessário, para sabermos que ela existe e pode ser conquistada. Já me tornei seguidora deste cantinho. Bjos.

    ResponderEliminar
  11. Meus Deus como esta fabula é verdadeira... nunca tinha pensado nisto de uma forma tão clara...
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Ao ler o seu blog fico sempre com um sorriso feliz! :-)

    ResponderEliminar
  13. Adoro esta história foi uma amiga quem me a contou ... bjs

    ResponderEliminar
  14. É porque a serpente não sabe que ela também pode brilhar.
    Brilhemos a nossa luz!

    ResponderEliminar

Related Posts with Thumbnails