quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Como manter as varizes à distância

Se há coisa que pode minar a auto-estima de uma pessoa é o facto de se ter varizes. Tenho uma amiga que deixou de ir à praia, outra que nunca mais usou saias curtas… Para além disso têm uma sensação desconfortável de peso e inchaço nas pernas.

Confesso que quando engravidei me surgiram pequenos derrames. Espero que não passem disso. Mas como tudo na vida, mais vale prevenir.

Mas afinal o que causa as varizes? Eis os factores na sua origem:
- a herança genética (oh não! O meu avô tinha varizes!);
- a gravidez (está explicado!), devido às alterações hormonais e ao peso do feto que interfere com a circulação sanguínea e submete as veias das pernas a uma maior pressão;
- o excesso de peso;
- permanecer de pé durante seis ou mais horas por dia (comum em algumas profissões como empregados de balcão, cabeleireiros, professores, etc.);
- estar sentado demasiado tempo;
- o calor localizado que favorece a dilatação das veias (banhos muito quentes, sol em excesso, calor de lareiras ou aquecedores muito acentuado sobre as pernas);
- o envelhecimento, que enfraquece e faz perder a elasticidade das paredes das veias.

Eis algumas 10 dicas para prevenir ou tratar as varizes:
1 – mantenha um peso saudável;
2 – faça exercício com regularidade, desde andar a pé, de bicicleta, correr, etc., assim como exercícios específicos para activar a circulação sanguínea (um dia prometo que faço um post com exercícios destes, mas para já vejam o primeiro exercício deste outro post);
3 – tente mudar as condições do seu trabalho. Se tem de estar demasiado tempo em pé, tente sentar-se um pouco, de tempos a tempos. Se é empregada de balcão, que tal adquirir um banco alto para colocar atrás do balcão? Se tem de estar demasiado tempo sentada, estique os músculos das pernas periodicamente ou eleve as pernas com um banquinho. Use a sua imaginação, provavelmente o seu patrão nem se vai importar;
4 – deite-se com uma ou duas almofadas sob as pernas, de modo a erguê-las uns 10 minutos (o ideal seria fazer isto algumas vezes por dia);
5 – não use vestuário ou calçado muito justo;
6 – evite usar saltos altos (estou tramada, na semana passada até andava com saltos agulha!);
7 – evite exposições prolongadas das pernas a fontes de calor (logo eu que gosto tanto de banhos de imersão… bem quentinhos);
8 – no final do banho ou duche, passe água fria pelas pernas;
9 – utilize meias de descanso, de acordo com indicação médica;
10 - quando o mal já está instalado procure ajuda médica, que indicará o tratamento adequado ao seu caso.

Foto: Matthew Bowden

11 comentários:

  1. Bem, eu varizes não tenho (e Deus queira que nunca tenha), mas tenho alguns derrames.
    Tenho mesmo de me mezer um bocadinho mais!

    ResponderEliminar
  2. Ai os banhos quentinhos... Vou ter muita atenção e tentar ao máximo seguir todas as instruções.
    Agora com a gravidez sinto um cansaço exagerado nas pernas!

    ResponderEliminar
  3. É um mal que ainda não me chegou! Lagarto lagarto

    beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Querida amiga Mafalda,hj vc me tocou na ferida.
    Se tinha algo que me orgulhava eram minhas pernas, lindas, lisinhas, herança de minha mãe...
    depois de duas tromboses, eram hj são outras, cheinhas de pequenos vasos e me transformei como sua amiga, é uma dificuldade praia, piscina, saias e vestidos. Não posso fazer o tratamento para me ver livre delas, pois tomo anticoagulante, então, me conformo, cuido para não piorar e quando chega o verão, aquele calorão de Brasil, me lembro do pq tive as tromboses e vejo que tenho mais é que agradecer ao invés de reclamar, mas confesso que é algo que me entristece.
    Bom dia, e ótimas dicas para a prevenção, portanto meninas e meninos(pq eles também tem) se cuidem !

    ResponderEliminar
  5. Eu tenho má circulação, é horrível!!

    ResponderEliminar
  6. Ainda bem que não tenho...aff...
    Ótimas dicas!!!

    Beijinhos Iluminados!!
    Paz e Luz!!!

    ResponderEliminar
  7. Olá Mafalda,
    Quase não tenho varizes, mas as dicas servem
    também como caráter preventivo.
    Gostei muito das dicas.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  8. Obrigada pela consulta ao meu blog. Tb sou tua seguidora, através do Aprender e Organizar.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Pois eu tenho varizes - herança genética (minha mãe) e ainda ganhei derrames com as gravidezes. A má circulação e muito tempo sentada tambem não ajudaram. Compreendo as tuas amigas, eu ainda vou á praia, mas raramente uso saias e nunca acima do joelho (a minha variz mais feia está na dobra do joelho). Já para não falar do desconforto :(

    Das dicas, já pratico os pontos 1, 4, 5 e 7 de forma a tentar não agravar e aliviar o desconforto. O Ponto 8 só no verão e o Ponto 6 tem dias :)

    Bjos

    ResponderEliminar
  10. Tudo útil, interessante e perfeito por aqui, como sempre!!!
    Ando um pouco sumida... Fusões, aquisições, mudanças organizacionais, novos desafios e muito trabalho e stress!!!
    Mas sempre que posso venho visitá-la!
    Adoro estar aqui com você!
    Varizes é um dos males da minha família, pais, irmã operados, histórico de trombose, tia falecida em mesa de cirurgia de varizes...uma preocupação! Mas eu spu privilegiada nesse quesito, tenho bem poucas!

    Vim contar que amanhã lá no Projetando Pessoas entrevisto a blogueira Bia da Jubiart, venha me visitar!
    bjs Sandra
    http://projetandopessoas.blogspot.com//

    ResponderEliminar
  11. Que herança pesada, mas vou tentar seguir estas dicas, pelo menos para não agravar:)Beijinhos

    ResponderEliminar

Related Posts with Thumbnails